traumatologia

CASO CLÍNICO Nº8


dog
Politraumatismo
"Boneca"
Caniche com 13 anos de idade
Varias lesões ortopédicas causadas por atropelamento
 
 
fratura
1 - Politraumatismo
Fractura de Íleo e luxação coxo-femoral do lado esquerdo e fractura de Isquio , púbis e tibia direitos 
cirurgia
2 - Pós cirúrgico
Reconstrução do íleo e da articulação coxofemoral esquerdos, o que realinha o púbis e isquio direitos. Montagem de fixador externo de forma fechada  na tíbia direita 
external fixator
3 - Recuperação precoce da marcha
recuperação da capacidade locomotora em cerca de 1 semana, permitindo a manutenção da massa muscular e função articular e retorno rápido á rotina diária
anca
4 - Anca
imagem da anca 8 semanas após a cirurgia.cicatrização óssea e morfologia coxo-femoral esquerdas totalmente satisfatórias; não é observável calo ósseo mineralizado nas fracturas isquiática e púbica do lado direito.
tibia
5 - tibia
Imagem lateral da tibia 8 semanas após a cirurgia e na altura de remoção do fixador externo. As reduções fechadas permitem, regra geral, uma cicatrização óssea mais célere que as reduções abertas devido à preservação da vascularização e integridade dos tecidos na zona de fractura 
tibia
6 - tibia
imagem antero-posterior da tibia 8 semanas após a cirurgia e na altura de remoção do fixador externo
fratura
cirurgia
external fixator
anca
tibia
tibia


 


< voltar