Rotura do Ligamento Cruzado Anterior

Rotura do ligamento cruzado anterior

Não acontece só aos jogadores de futebol !

A rotura do ligamento cruzado anterior é a lesão ortopédica mais frequente no joelho dos cães . Muitos destes animais começam a coxear subitamente sem terem dado nenhuma queda ou sofrerem outro tipo de acidente óbvio, o que leva muitas vezes os donos a pensar que “ele deu um mau jeito” e que a dor lhe irá passar em pouco tempo. Talvez por isso muitos destes animais só são tratados após semanas ou meses de incapacidade e dor.

As causas desta doença não estão totalmente esclarecidas. Na maioria das situações o que acontece é o somatório do enfraquecimento do ligamento (que acontece por exemplo com o envelhecimento) associado a uma situação de esforço intenso sobre o ligamento. Nos desportistas as situações de esforço intenso sobre este ligamento ocorrem com maior frequência, assim como determinados tipos de movimentos que são especialmente perigosos como a hiperextensão do joelho e a rotação do corpo em situação de pé bloqueado (como a que ocorre no jogador de futebol quando os pitons da bota ficam presos no chão). Se a estes movimentos e situações associarmos alguma debilidade muscular , por exemplo, por má condição física, doenças várias , etc as forças musculares que ajudam a estabilizar o joelho não o podem proteger de uma rotura de ligamento cruzado.

O que posso fazer para evitar esta lesão no meu cão ?

Há várias coisas a fazer :

- Combater a obesidade e manter uma boa nutrição. O excesso de carga nos ligamentos é muito prejudicial. Temos muitos animais a chegar a estas situações por excesso de peso. A dieta deve ser equilibrada e a quantidade de calorias ajustadas de acordo com o tipo e frequência de exercício físico.

-Ser racional na gestão da condição física do cão . Se o seu cão não está habituado a uma brincadeira intensa e prolongada como “jogar atrás da bola” durante 1 hora , então os seus músculos e ligamentos não estão preparados para as bruscas mudanças de direcção, saltos e corridas que isso envolve. Será mais racional começar com uma brincadeira de 5-10 minutos e ir aumentando gradualmente ao longo das semanas e meses até a condição física dele estar totalmente adaptada. È frequente surgirem lesões em animais que passaram por grandes períodos de inactividade (por exemplo no inverno) e que foram “convidados” a participar em jogos demasiado intensos e prolongados para a sua condição física. E nós já sabemos pela natureza alegre dos cães que eles nunca recusam estes convites.

- Manter uma boa vigilância sobre a saúde em geral do seu cão com a ajuda do seu Médico Veterinário Assistente, de forma a detectar e tratar precocemente qualquer doença que surja. No nosso país surge com uma frequência importante a associação desta rotura de ligamento com doenças infecciosas, sendo a Leishmaniose uma das mais prevalentes. Os rastreios e exames de rotina e as consultas Veterinárias para esclarecimento de qualquer sinal de doença são a única forma de evitar estes problemas.

Qual é a solução para a rotura do ligamento cruzado?
Várias técnicas cirúrgicas são eficazes em restabelecer a função da articulação e em erradicar a dor nestes joelhos inflamados. O cão agradece e volta a poder exibir o seu brio físico nas brincadeiras com os seus donos.





 

 

 

< voltar